.

O Curso de Pós-Graduação ESPECIALIZAÇÃO EM MISSÃO INTEGRAL E GESTÃO DE PROGRAMAS SOCIAIS esta com inscrições abertas.
NÃO HOUVE FORMAÇÃO DE TURMA MÍNIMA PARA INÍCIO DAS AULAS EM 23/02/2013, TEREMOS QUE AGENDAR NOVA DATA. Contatos com Ana Paula Macedo após as 16:00 hs. Fone: (11) 3105-5552 - Seminário do Betel Brasileiro Site: http://www.betelbrasileiro.com.br/

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

AME: Socorro e Desenvolvimento Comunitário

ESTA ACONTECENDO!!

AME - Associação Missão Esperança

Conferência de Socorro e Desenvolvimento Comunitário Integral no Pós-Catástrofe - dias 1 a 4 de novembro: Confira a programação!

IPALPHAVILLE, Barueri, SP – 1-4/NOVEMBRO/2012
Devocionais: Pr. Sérgio Schuindt, Prof. Cristiano Lopes
Tópicos:
  • Introdução a Socorro em catástrofes – Margaretha
  • Apresentação de trabalho integral em local pós-genocídio – Steve
  • “Montando pré-escolas onde não havia em local pós-guerra”  – Suzi
  • Princípios de montagem de geração de renda pós-catástrofe – Margaretha
  • Ministérios de Literatura/Mídia/Instituto Antioquia de formação de obreiros plantadores de igrejas – Steve
  • Projetos de geração de renda para auto-sustento de ministérios e em desenvolvimento comunitário – Steve
  • Cura de trauma integral em Mundaú/AL pós-enchente – Grace
  • “Montagem e Gerenciamento de Projeto” – Christian Takeda
  • “Entender a época para saber o que fazer – seguindo o Diretor das missões – o Espírito Santo”  – Margaretha
Oficinas:
  • Desenvolvimento comunitário – Steve
  • Preparando plantadores de igreja integral – Steve
Testemunho:
  •  ”Mudar uma cidade de bangue-bangue para cidade habitável” – Steve
  • “Ministério infantil, formando crianças evangelistas de crianças” – Steve
 NÃO PERCAM!
“TRANSFORMAÇÃO INTEGRAL EM RECONSTRUÇÃO DE VIDAS É MISSÕES BÍBLICA E DA HORA A TODOS OS POVOS, EM ESPECIAL AOS DE DIFÍCIL ACESSO”
Mais informações: 11-5643.9685 / 5642.1308

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Missão Integral: abertas as inscrições

Olá Gente!

Boas Novas. O Curso de Missão Integral e Gestão de Programas Sociais foi reestruturado e já abriu inscrições para a turma/2013.

Agora ele será oferecido na modalidade semi-presencial com módulos um sábado por mês.

Estou assumindo a coordenação do curso com a benção da Miss. Durvalina Bezerra e o apoio do Comitê Pedagógico (Visão Mundial, Vale da Benção, RENAS e Betel Brasileiro).

As primeiras matrículas feitas receberão um brinde especial.


Contatos com Ana Paula Macedo após as 16:00 hs. Fone: (11) 3105-5552 - Seminário do Betel Brasileiro Site: http://www.betelbrasileiro.com.br/

Qualquer dúvida, deixo também os meus contatos:

Lauberti Marcondes
lauberti@ig.com.br
9-7974-9951 OI
9-8821-8318 CLARO

sábado, 1 de setembro de 2012

Curso em processo de reestruturação

Olá Gente!

Apresentamos a diretora do Seminário do Betel Brasileiro, Missionária Durvalina Bezerra, uma proposta de reestruturação para o Curso de Missão Integral e Gestão de Programas Sociais.

Esta proposta será submetida ao comitê pedagógico, composto por representantes do próprio Betel, Visão Mundial, Renas e Vale da Benção.

Neste intervalo, gostaríamos de conhecer sugestões e dicas dos interessados para a melhoria do curso em algumas áreas:

1) Conteúdo Programático
O curso esta estruturado em 13 módulos-assuntos, com a finalidade de instrumentalizar a ação dos agentes sociais e pessoas interessadas em nível de pós-graduação livre. Você acha que algum dos assuntos poderia ser excluído ou tem algum assunto importante que acha estar faltando?

2) Funcionamento dos módulos.
Os módulos acontecem uma vez por mês, sendo sexta a noite e sabado o dia inteiro. Você acha bom este formato? Caso uma parte da matéria fosse trabalhada a distância (EAD) e o aluno viesse somente um sábado por mês, você acharia melhor ou teria mais dificuldade?

3) Custo de Investimento
Hoje o curso é oferecido por uma contrapartida financeira de 12 x R$ 200,00. O que você acha deste valor? Caso fosse concedido um desconto para pagamento em menos tempo seria bom? Ou o valor é um grande obstáculo para você fazer o curso?

Por gentileza, nos auxiliem neste processo, a fim de que o curso possa atingir um maior número de pessoas, capacitando-as a serem instrumentos de mobilização do Reino que transforma realidades.

Lauberti Marcondes
Agente de Divulgação

quinta-feira, 21 de junho de 2012

[RIO + 20] Caminhando e mobilizando


Nos dias 17, 18 e 19 de junho o coletivo Igrejas Ecocidadãs realizou caminhada e mobilização na Cúpula dos Povos.
Mais de 60 pessoas integraram a Caminhada pela Sustentabilidade nas unidades de conservação do Brasil, liderada por moradores dos municípios que compreendem a Área de Conservação Ambiental (APA) dos Morros Garapenses (MA) – uma iniciativa popular formada por cristãos.
Percorrendo toda a área da Cúpula dos Povos os integrantes fizeram barulho, poesia, e discursos. Também foram entregues cartões postais com paisagens dos Morros Garapenses e marcas páginas com a história de formação da APA.
A área de proteção ambiental Morro Garapenses possui 234 mil hectares, compreendendo os municípios de Buriti, Duque Bacelar, Coelho Neto e Afonso Cunha, na região leste do Maranhão.
Mobilizando - As Igrejas Ecocidadãs também participaram do “Território do Futuro” expondo material de parceiros e colhendo assinaturas para petição “Fale por um Mundo Justo e Sustentável”. Em algumas horas (no dia 18) foram colhidas cerca de 120 assinaturas.
Confira fotos das Igrejas Ecocidadãs na Cúpula dos Povos em nosso álbum no Facebook.


Fonte: http://ultimato.com.br/sites/igrejasecocidadas/

quinta-feira, 14 de junho de 2012

[Rio +20] O desenvolvimento sustentável e a Igreja de Cristo

Nossa obediência cristã exige um estilo de vida simples, mesmo sem levar em consideração as necessidades dos outros. Entretanto, o fato de 800 milhões de pessoas estarem na pobreza mais absoluta e 10 mil morrerem de fome todo dia, torna inviável qualquer outro estilo de vida. (John Stott)

Rio +20
Entre os dias 13 e 24 deste mês ocorre A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável. Nossas igrejas estarão participando através do projeto Igrejas Ecocidadãs. Ore e participe! Visite o site para maiores informações.


Lauberti Marcondes



domingo, 13 de maio de 2012

17º MUTIRÃO MUNDIAL DE ORAÇÃO POR CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM RISCO

Olá Gente.

Nos últimos 4 anos temos mobilizado pessoas, igrejas e organizações sociais num processo de conscientização e oração em favor de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Para tanto, temos nos apropriado, juntamente com outras organizações no mundo, do MUTIRÃO MUNDIAL DE ORAÇÃO POR CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM RISCO, que acontece todo primeiro final de semana de junho. Neste ano, a mobilização será nos dias 1, 2 e 3 de junho. 

Este movimento mundial é liderado pela Rede Viva (http://www.viva.org/world-weekend-of-prayer.aspx), no Brasil pela Rede Mãos Dadas (www.maosdadas.org) e em nossa região desde 2008 pela Rede Diaconia Integral (http://diaconia-integral.blogspot.com).

A Rede Mãos Dadas fornece um farto material com o tema anual, estatísticas, fotos, vídeos, etc. No entanto, até este momento, não há informações atualizadas no site, apenas as relativas aos anos anteriores. Para não comprometer a nossa mobilização, entrar em contato com as pessoas, agendar reuniões e participações, vamos começar a nossa mobilização.

Com as informações que dispomos, os parceiros que temos e a experiência que adquirimos, já é possível convidar aqueles que quiserem participar conosco para somarem esforços nesta mobilização. E a medida que recebermos novas informações, multiplicaremos. 

Haja vista, que no site da Rede Viva, o tema"Porque devemos orar por crianças em risco" já esta disponível (em inglês),  usando um tradutor online li a instigante pergunta: 

Se Deus esta no controle, qual a importância de orar? Será que isso realmente faz alguma diferença?

Para relembrar melhor o assunto e as campanhas que fizemos estou enviando um pouco do material dos anos anteriores e o pdf (ingês) da Rede Viva.

Por favor, aqueles que tiverem interesse mantenham contato, acessem os endereços mencionados, enfim vamos contribuir para uma maior conscientização e intervenção desta questão tão crucial: nossas crianças e adolescentes.


Abraços
 
Lauberti Marcondes
http://diaconia-integral.blogspot.com
http://www.orkut.com.br/Main#Home.aspx?hl=pt-BR&tab=w0

"A Missão de Jesus é feita com Paixão, Compromisso e Unidade."

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

RENAS: Luto pelo falecimento do Bispo D. Robinson Cavalcanti






Nota de luto e pesar

É com profundo lamento e consternação que Renas se junta aos milhões de protestantes neste país para chorar a trágica morte do Bispo Dom Robinson Cavalcanti e de sua espoa Miriam Cavalcanti, que na noite deste domingo (26 de fevereiro), foram brutalmente assassinados em sua residência na cidade de Recife.

Bispo Robinson, 67 anos, militava na causa de Cristo não somente dentro da Igreja Anglicana. Fundador da Fraternidade Teológica Latino-Americana, participou dos três encontros de Lausanne. Bispo Robinson era colunista a diversos anos da revista Ultimato, onde escrevia acerca da Missão Integral e os rumos do evangelicalismo no Brasil e América Latina. Era professor emérito da Universidade Federal de Pernambuco, com isto teve sua passagem pela Aliança Bíblica Universitária (ABU), onde foi engajado a levar o evangelho aos jovens universitários. Em 2010 participou da fundação da Aliança Cristã Evangélica Brasileira.

Suas mensagens e textos influenciaram os fundadores de RENAS que tem nas escrituras sagradas suas bases de missão, juntamente com os conceitos de Missão Integral como forma de um evangelho a ser pregado e vivido entre os pobres e excluídos da sociedade.

Que o Espírito Santo console os irmãos da Diocese Anglicana do Recife, e todos que lamentam sua morte trágica .   

Coordenação da RENAS.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

07 a 10/03 - Curso de Desenvolvimento Comunitário - Vale da Benção

Este é um excelente curso para a formação de líderes que desejam fazer mais que um assistencialismo social, pois visa capacitar pessoas para mobilizar a comunidade na direção do seu próprio desenvolvimento,  sinalizando os valores do Reino de Deus entre nós.



Ministrado pelo prof. Marcel Camargo, a qual tive a alegria de conhecer no curso Missão Integral do Betel. Ele conta com vasta experiência teórica e prática em várias instituições como NCCV - Núcleo Cristão de Cidadania e Vida, Betel - Seminário do Betel Brasileiro em São Paulo e CADI - Centro de Assistência e Desenvolvimento Integral.

sábado, 28 de janeiro de 2012

IDS: Política 2.0 - uma nova forma de fazer política?


Roda de conversa do Instituto Democracia e Sustentabilidade reúne mais de 300 no Fórum Social Temático de Porto Alegre


Marina Silva, Oded Grajew, Ricardo Young e Marcos Rolim participam de debate sobre redes sociais, crise de representatividade e a #novapolitica
O debate “Política 2.0 – uma nova forma de fazer política?”, promovido pelo Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS), reuniu mais de 300 pessoas, entre estudantes, profissionais, integrantes de movimentos sociais, entre outros, no auditório da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, nesta quinta-feira, 26, no Fórum Social Temático em Porto Alegre.
A roda de conversa começou às 14h30, e os presentes ouviram as falas de Marina Silva, do conselho diretor do IDS, Oded Grajew, da Rede Nossa São Paulo e Instituto Ethos, e Marcos Rolim, jornalista, mestre em Sociologia pela UFRGS e professor-visitante da Universidade de Oxford. O mediador foi Ricardo Young, também do conselho diretor do IDS.
Com o mote da nova política, influenciada diretamente pelas redes, a roda de conversa lembrou da crise de representatividade política, expressa na falta de crença na classe política por parte da população. “Vivemos também uma crise política, principalmente na qualidade da representação política nas estruturas da democracia”, afirmou Marina Silva. Aplaudida, a ex-senadora deixou uma mensagem positiva aos presentes. “Nós temos uma capacidade de lidar com o imprevisível. Somos seres capazes de acreditar e criar meios (…) Algo novo está acontecendo no mundo, e isso tem que ser pensado por nós. Uma nova política é não ficarmos adaptados ao que temos.”
Ricardo Young afirmou que, no País, “a democracia é insatisfatória porque há um distanciamento entre os partidos e a população”. Já Marcos Rolim ponderou que, embora desacreditados, os partidos ainda são um “corpo político sólido” e a única maneira de efetuar mudanças políticas no Brasil. Ainda assim, Rolim ressaltou que o partido necessário para a transformação deve ser de “novo tipo, que represente tudo o que queremos”.
Ir atrás dos sonhos. Em sua fala, Oded Grajew arrancou risos da plateia. Um dos idealizadores do Fórum Social Mundial, ele afirmou ter concebido o evento em uma noite que passou num hotel com sua mulher. “O melhor da vida, o que nos torna felizes é ir atrás dos sonhos. Tentar é o mais importante, essa é a nova política” disse Oded. “Cada um deve tentar fazer o que está ao seu alcance, sem ter certeza do sucesso.”
Após as falas dos palestrantes, o mediador Ricardo Young forneceu cerca de 15 minutos aos presentes, para discutir os temas abordados. “As pessoas se engajaram na dinâmica proposta de se debater em grupos. Formaram grupos de até 6 pessoas. E, depois, o debate prosseguiu, com cerca de dez pessoas levando a todos o resumo do que foi discutido no seu grupo”, afirmou Bazileu Margarido, do IDS.
Inflamado, um dos presentes levantou a questão socioambiental no debate político. “Como a Rio+20 pode ser diferente, depois dos fracassos de Copenhague? Marina Silva foi uma das que responderam à questão, ressaltando a importância do encontro. “Queremos uma Rio+20, temos que ter uma alta expectativa. O problema (das mudanças climáticas) é grave e temos que nos mobilizar.”
Ao final do evento, a secretária executiva do IDS, Alexandra Reschke, agradeceu a presença de todos, lembrando que todo o evento foi transmitido pelo site WWW.idsbrasil.net e tuitado ao vivo, no @ids_brasil.
Histórico das rodas de conversa. A roda de conversa em Porto Alegre é a segunda edição de evento homônimo realizado em outubro do ano passado, em roda que reuniu em São Paulo Marina Silva, Giuseppe Cocco, cientista político e professor da UFRJ, Carla Mayumi, responsável pela pesquisa “O Sonho Brasileiro”, e Ricardo Abramovay, professor titular da FEA-USP. (veja o vídeo editado aqui: http://youtu.be/GrVAY4ZFI1Y ). Desde a sua fundação, em outubro de 2009, o IDS desenvolve rodas de conversa com pessoas de referência para discutir temas de relevância da agenda nacional. Entre os assuntos já abordados estão saúde, educação, desenvolvimento urbano, economia e segurança pública. A conversa “Política 2.0” coloca em questão se tudo o que tem sido denominado como tal oferece uma alternativa real de construção da cidadania, além da capacidade de agregação e de prospecção de novos aplicativos para a democracia.
Mais IDS no Fórum. O IDS vai participar de outras atividades no Fórum: “A Atualidade da Carta da Terra e a Rio+20”, no dia 28 de janeiro, às 13 horas, na Assembleia Legislativa, e Painel Público “Governança do Desenvolvimento Sustentável, Integridade Ambiental e Justiça Social”, no dia 28 de janeiro, às 9 horas, na Câmara Municipal da cidade. A governança, é bom lembrar, é um dos temas que serão debatidos na Rio+20, em junho deste ano.
Fonte: IDS. Organização da sociedade civil, plural e apartidária que tem como missão criar convergência e potencializar iniciativas que contribuam para colocar a democracia e a sustentabilidade como valores centrais para a vida no século 21. Pretende ser um ator relevante da sociedade civil para a construção de um novo acordo social para o Brasil baseado no fortalecimento da escuta ativa e do diálogo. Para tal, pretende oferecer a “Plataforma Brasil Democrático e Sustentável”, como um canal de participação, agregação e valorização de iniciativas em curso.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Cristolândia: refúgio de dependentes do crack

Cristolândia vira refúgio de dependentes após operação da PM

Hoje na FolhaUsuários de drogas, desgarrados da multidão maltrapilha da cracolândia, fazem filas diariamente em busca de abrigo na porta da Cristolândia, um misto de igreja e centro comunitário, que funciona na região central de São Paulo há quase dois anos. O local virou refúgio após início da operação policial no local.

A informação é da reportagem de Eliane Trindade e Apu Gomes publicada na edição desta sexta-feira da Folha.

Com a presença ostensiva da PM na região, a missão Batista passou a funcionar em esquema de plantão, com suas portas abertas 24 horas para a galera acuada do crack. O projeto encaminhou nos últimos 22 meses cerca de mil usuários para internação e centros de formação evangélica.
Nas duas últimas semanas, o número de internações, via Cristolândia, bateu o recorde de 90. "Fazíamos uma média de 40 por mês. Já chegamos ao dobro disso em dez dias e vamos abrir novas 200 vagas", contabiliza o pastor Humberto Machado, 53, coordenador da missão.






Igreja em ação

Uma iniciativa de igrejas batistas está ajudando dependentes químicos das chamadas “cracolândias” (redutos de viciados em crack) a libertarem-se da droga. A Missão Batista Cristolândia começou em São Paulo, SP, e já chegou ao Rio de Janeiro e Minas Gerais.

A metodologia da missão inclui abordagem direta e atendimento em casas de acolhimento, as chamadas “cristolândias”. O trabalho começa com voluntários — muitos deles ex-dependentes — que visitam a cracolândia e oferecem alimentação e abrigo aos dependentes, além de orientação espiritual. Estes são acolhidos e têm suas necessidades básicas supridas. Aos dependentes que aceitam tratamento, o projeto oferece também possibilidade de estudo em centros de formação cristã e apoio em comunidades terapêuticas. Atualmente há cinco destas comunidades: duas masculinas (em Minas Gerais) e três femininas (no Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Goiás).

O projeto começou oficialmente em março de 2010, com a liderança do casal de missionários Humberto e Soraya Machado. De outubro de 2010 a setembro de 2011, as cristolândias atenderam mais de 34 mil pessoas. Destas, quase 2 mil foram encaminhadas a comunidades terapêuticas e cerca de 600 decidiram estudar em centros de formação cristã.

A inserção de ex-dependentes em igrejas locais é um dos pontos fortes do projeto. Só na Primeira Igreja Batista de São Paulo 171 pessoas foram batizadas e sessenta se reconciliaram com Cristo.




Veja ensaio do coral "Cristolândia"

TV Estadão | 18.11.2011
Coral é formado por ex-moradores de rua da região da Cracolândia, no centro de São Paulo


Dependente de LSD e de todo tipo de psicotrópico desde jovem, Ailton da Silva Ferreira, de 52 anos, que já tinha chegado ao crack, considera-se recuperado há dois anos. Francis Almeida, de 36, que foi da maconha à cracolândia em uma década, também conta uma história de final feliz. Hideraldo Pussick Laval, de 34, entrou no vício há três anos, recém-chegado de Guiné-Bissau, e se diz "limpo" há 1 ano e 8 meses.

Os três fazem parte do Coral da Cristolândia, conjunto formado por 200 ex-viciados recolhidos na cracolândia, centro de São Paulo, sob a batuta do maestro Roberto Minczuk, regente titular da Orquestra Sinfônica Brasileira. O maestro Minczuk, que é evangélico, acredita que sua participação no concerto "é pequena, em comparação com o resgate de vidas que os voluntários vêm realizando". "Sou paulistano, moro na Praça Roosevelt, no centro da cidade, e estou muito próximo da realidade dura dos viciados em crack."